Humor no Trânsito


Eu não sei qual o sentimento mais forte que me bate quando estou no trânsito. As vezes me da vontade de chorar, puxar os cabelos, colocar um som no último volume e cantar aquela música mais ridícula com uma vóz mais ridícula ainda e ver se as pessoas "saem" da frente. Quando tudo parece ser desesperador; começa a chover, logo, você para de cantar e o trânsito para de uma vez !!!

Calma...pense que você ainda está no seu carro e cantando, basta olhar para o lado e vemos uma lotação...

Lotação de verdade, você olha no painel do ônibus e está escrito : CAPACIDADE MÁXIMA DE PESSOAS: 90, quando todos descem no Ponto final, pode-se contar por volta de 130 pessoas...Não me pergunte de onde elas saíram, mas saíram...

Parece bobagem uma pergunta dessas há uns seis anos atrás, pois não era esse caos total, mas hoje a gente não sabe o que é pior: A Ida para o trabalho ou a volta da faculdade ??
Tanto faz...o trânsito continua infinito, as pessoas sem educação, o ônibus lotado às 23h30, quando passa em frente a um Faculdade...ele simplesmente pára, as pessoas colocam um pé no degrau o outro pé fica do lado de fora...Simplesmente ninguém sai e ninguém entra...Assim não está fácil !!!!

4 comentários:

  Antonia Edileuza

6 de outubro de 2009 17:03

Parabéns pelo Blog!

Vocês estão abordando um assunto muito interessante e comum para todos nós!
Diga-se de passagem, ninguém aguenta mais!!

Antonia Edileuza

  tsqc

7 de outubro de 2009 12:22

O Transito Paulistano está cada vez mais insano! O jeito é usar o metrô...

  Luana

7 de outubro de 2009 14:02

Terei que concordar com a colega acima,

Parabéns pelo Blog!

Um assunto mais que interessante, muito importante para nossa sociedade.

O Trânsito não só em São Paulo mas principalmente nesta cidade é lamentável.

Um Trajeto que pode ser feito em quarenta minutos muitas vezes percorremos em três horas e pior ainda do que somente o trânsito é a situação do transporte público, as frotas existentes não dão conta de suprir as necessidades da população.

Já é triste ter que passar horas parados no trânsito, mas para nós que utilizamos de transporte público é pior ainda, pois temos que aguentar a superlotação e a falta de educação de muitas pessoas para podermos seguir nosssos caminhos.

Espero que um dia possamos olhar a situação do trânsito com novos olhos, pois por enquanto só consigo pensar em quando poderei voltar da Faculdade depois de um longo dia de trabalho em um ônibus que não esteja lotado.

  Danielle Silva

7 de outubro de 2009 15:15

Jesus me abana!

Colegas, hoje me deparei com uma situação um pouco pior que estar presa em um trânsito ... simplesmente estava eu, calma e feliz no metrô Barra Funda quando certas pessoas praticamente me obrigaram a entrar dentro do trem e quase sai pela outra porta do vagão q estava aberta! Mas tudo bem o meu dia ainda continuava lindo, e isso não ia estragar.

Até que ...

Enfim cheguei na tão falada estação Sé!
Que loucura, segui uma "pequena" procissão, onde todos desciam lentamente pela escada rolante, que não rolava pois estava quebrada, e cheguei no embarque sentido Paraiso.
Maravilha, só tinha umas 20 pessoas na minha frente e 30 atrás, mas tá tudo sob controle, afinal meu dia está apenas começando.

Veio o 1° carro de metrô, e neste entrou uma turma, mas é claro que eu não entrei pois fui jogada para o canto ...
Veio o 2° carro de metrô, e então, eu consegui entrar, mas é claro que meus coleguinhas, aqueles outros 30 que já estavão atrás de mim, me deram um "empurrãozinho" pra entrar no vagão.

Pois bem, tudo continua lindo ...

Cheguei na estação Paraiso .. há e olha que solidariedade, meus colegas, sabe aqueles 30 lá atrás, então me deram outro "empurrãozinho" pra sair do vagão, dei uns 3 tropeços, mas tá tudo sob controle, afinal é muita gentileza, não é mesmo? E ainda tem gente que diz que estas pessoas são mau educadas .. magina, bobagem.

Do Paraiso eu desci na Brigadeiro, e engraçado passei pelo mesmo processo anterior, com a ajuda dos meus colegas, é claro!

Desci na Paulista e a primeira bolsada que levei, "sem querer" na rua, adivinhem .. Fiquei estressada!!!

Conclusão: Não importa o quanto vc tente controlar sua paciência, e ainda pensar q existe educação e respeito pelo proximo que vc estará mentindo pra si próprio, pois qdo vc menos espera, com um ato sem intenção, diferente de todos anteriores, acontece contigo, vc acaba descontando na pessoa errada .. As vezes não é nem mesmo com um desconhecido, mas sim com familiares, amigos, pessoas q nem si quer pensaram em te fazer mau algum acabam pagando o pato, pela brutalidade e ignorância dos cidadãos brasileiros.

Postar um comentário