Stress do trânsito


A maior causa de stress dos paulistanos e daqueles que passam por São Paulo (geralmente circulando pelas Marginais) é o trânsito.
As consequências dessa situação caótica implicam diretamente na saúde de quem, obrigatoriamente, passa por esse stress diário.

Em muitos casos o stress no transito se dá em torno do seu mal funcionamento de forma geral, ou seja, as pessoas migram para as grandes cidades em busca de novas oportunidades e com isso as cidades vão crescendo de forma desordenada, em conseqüência as linhas de transporte coletivos vão se tornando cada vez mais deficientes e precárias para atender ao grande volume da população.

Não é por acaso que os números de violência no transito são muito altos, e infelizmente não são só casos de buzinadas, xingamentos e bate boca, acontecem muitos acidentes em função da pressão emocional e stress no trânsito, algumas vezes com graves consequências.

Em casos mais extremos de pessoas realmente descontroladas, já foram registradas ocorrências em que o motorista desce de seu carro armado com revolver, facão, etc., ameaçando a vida do outro. Esta situação demonstra uma total falta de equilíbrio emocional de um motorista, que muitas vezes por um fato que pode ser considerado banal, chega a elevado nível de estresse no trânsito, podendo em função disso, tirar a vida de alguém. Se houvesse um pouco mais de bom humor, quem sabe as coisas seriam mais fáceis?

As nossas dicas são: sempre leve uma garrafinha de água para beber no carro, porque além de hidratar, a água ajuda aliviar o stress causado pelo trânsito. Para quem utiliza o transporte coletivo, leve um bom livro, e saia mais cedo de casa. Quem utiliza transporte próprio, o melhor é ligar o rádio, escutar a música que mais agrada e tentar levar as situações com bom humor, mesmo sendo isso um grande desafio.

De qualquer forma, o mais importante é chegar bem ao seu destino.

3 comentários:

  Beth Godoy

7 de novembro de 2009 05:28

É muito difícil manter o bom humor parado no trânsito, mas nada justifica a violência.

A violência é provocada só pelo trânsito ou problema começou muito antes???

Descobrir um jeito de aproveitar o tempo parado é interessante, quem sabe aparece algo!!

  Danielle Silva

9 de novembro de 2009 03:33

Olá Beth, na verdade a violência é provocada por diversos motivos, e entre eles está o transito, que infelizmente por causa do stress, acaba partindo pra agressão fisica ou moral, que são aqueles "nomezinhos" que escutamos uns gritando aos outros.

  Anônimo

28 de novembro de 2009 18:23

Passei por um enorme stress nesta quinta feira: o deejo era chegar para a apresentação do trabalho do grupo. Mas a famosa equação: horário das 18hs, chuva e alagamento de pista da marginal atrapalhou, com direito a ter o retrovisor quebrado por uma moto!!... mas me chocou ver pessoas tentando fugir e entrando na contramão, como se fosse a coisa mais natural do mundo!

Um abraço a todas,
Nanci

Postar um comentário